O Terminal de Regaseificação de GNL, construído para atender ao projeto da GNA, será o primeiro Terminal de Uso Privado do tipo no Brasil. Sua construção visa atender à demanda de gás natural das usinas termelétricas da GNA.

O processo de regaseificação será realizado em uma FSRU (Unidade Flutuante de Armazenamento e Regaseificação, em português) construída especialmente para atender ao projeto da GNA.

Ao entrar em operação, o Terminal GNL terá capacidade de movimentar até 21 milhões de m³/dia de gás natural.

Conheça os outros empreendimentos do complexo termelétrico da GNA: